5 de jun de 2008

Sintese das charges




O pobre, o político e o juíz


"Um pobre coitado arrancou um pedaço de casca de árvore de um Parque de Brasília. Precisava fazer um chá para a mulher doente, e não tinha dinheiro para comprar um remédio de farmácia. Foi condenado por crime ambiental, que é inafiançável.Um político rico usa os serviços de um servidor público, contrariando a lei, para disparar dezenas de ações judiciais contra jornalistas desafetos, que a Justiça acata sem maiores discussões. Mais tarde alguém denuncia o político por se servir do funcionário público que não estava de licença, como exige a lei. O político manda dizer que o funcionário/ advogado estava de férias, e o juiz aceita como verdade absoluta. Enoja." (Corrêa Neto, jornalistaSexta-feira, 26 de Outubro de 2007).

  • Como podemos ver no depoimento de Corrêa, há uma evidÊncia de como o brasil é DESIGUAL ... Onde o "pobre" têm desvantagem. Enquanto uma pessoa humilde sem dinheiro pra comprar remédio tirou um pedaço de uma arvoré de um parque, para fazer um chá para mulher doente,foi condenado por crime ambiental, que é inafiançável, enquanto a AMAZÔNIA ta cheia de estrangeiros que criam ONG'S para lucrar dela.


  • De várias maneiras como pegar especies de plantas,ou ate sangue do indios pra vender na internet.Ou proprios brasileiros que estao se beneficiando do nosso BEM que é a amazônia.

  • A corrupção é um problema muito grave e que não sabemos quando vai melhorar só sabemos que prescisamos de um futuro melhor para o brasil!






Nenhum comentário: